• Post published:Abril 29, 2020
  • Post category:Artigos
  • Post author:

Hoje falaremos sobre Fundações! Algo que não é barato e nem tão simples de se realizar, mas uma parte essencial da obra, se não a mais importante. Ou seja, se deseja economizar na hora de construir a sua casa, tirar dinheiro da fundação NÃO é uma opção, pois será ela quem dará sustentação para toda a estrutura do seu futuro lar e garantirá que você não terá problemas futuros de patologias como rachaduras e umidade.

Antes de tudo, o que é uma fundação? São as responsáveis pela distribuição de todo o peso da construção para o solo, de forma segura para que não ocorra deslizamentos de terra e ou outros problemas.

As fundações são separadas em 2 tipos: Fundações Rasas (Superficiais) e Fundações Profundas, e nesta matéria te mostraremos como escolher a fundação ideal para sua construção.

Para começar, devemos fazer o nosso querido SPT: Ensaio de Sondagem a Percussão. Não é um teste caro e nem complexo, podendo ser feito até de graça por algumas Universidades Federais, ou seja: se informe! Vale o investimento no teste, pois isso garantirá a segurança da sua obra e te fará economizar muito dinheiro lá na frente, visto que não terá problemas com a estrutura da casa.

A partir deste teste, é feito uma sondagem, que, exemplificando, funciona da seguinte maneira: uma barra de ferro fica “batento” no solo, de forma que os profissionais consigam medir quanto que esta barra consegue perfurar o solo. Baseado nisso, conseguimos saber a resistência do solo de seu terreno, através da profundidade que a barra consegue atingir.

Nesse teste, temos o “Gráfico de Penetração”, como no exemplo abaixo, onde o SPT aponta entre 20 e 30 metros de profundidade, que significa um solo resistente que tem capacidade de suportar as cargas da construção, caso o teste informe menos de 20 metros, tem-se um solo não resistente, necessitando de fundações profundas.

Vamos então, aos tipos de fundação:

Fundações Rasas:

– Sapata Isolada

Sendo um dos tipos de fundação mais comum no Brasil, são recomendadas para terrenos com solo firme e de boa resistência.

Cada sapata é um cubo de concreto armado dimensionado para suportar a carga de uma coluna ou pilar, desta forma, o peso da edificação é transmitido para as colunas, que transferem o peso para as sapatas que distribuem para o solo.

– Sapata Corrida

Já a sapata corrida é um tipo de fundação contínua que recebe a carga das paredes e apoia-se diretamente sobre o terreno, podendo ser feita de concreto simples ou armado, solocimento e canaletas.

– Radier

Semelhante à uma placa ou laje, abrange toda a área da construção. São lajes de concreto armado em contato direto com o terreno que recebe as cargas oriundas dos pilares e paredes da superestrutura e descarregam uma grande área do solo.

Todas essas fundações, com excessão da radier, possuem em comum a viga baldrame, que é a viga que vai direto em contato com a terra, onde você vai apoiar posteriormente os tijolos.

Agora, vamos ver um pouco das fundações profundas, que você deve usar se não tiver um solo muito resistente.

– Estacas Cravadas

É uma estaca que já vem pronta, normalmente é feita de concreto e com cerca de 10 à 15 metros, e são aplicadas através de um caminhão martelete, cravando a estaca até entrar totalmente na terra. Além do cimento, essa estaca pode ser de madeira, ferro ou aço. O intuito dela é chegar até o ponto que dá resistência, de acordo com o seu teste SPT.

Estacas Escavadas

Devido ao impedimento de realizar a cravação de estacas em locais com alta densidade de edifícios, as estacas escavadas podem vir a ser uma solução. Existem diversos tipos de estacas escavadas, de forma que o método de execução deve ser escolhido de acordo com as condições do local e dimensões da estrutura.

Concluindo, como vocês puderam observar, diversos fatores estão envolvidos na escolha da fundação que você deverá utilizar em sua obra. Realmente, o mais recomendado é realizar o teste SPT, pois ele indicará a resistência de seu solo, e assim você poderá saber qual o tipo de fundação mais adequado para sua construção. Salientamos também a importância de um profissional na escolha, pois ele analisará todos os fatores necessários e te indicará a melhor direção. Aqui na 123Projetei, você pode contratar o pacote completo de um projeto e já sai com todos os projetos, arquitetônicos e complementares, sendo que damos a assistência necessária até o fim de sua construção. Nos chame agora mesmo para saber mais!

Gostou? Compartilhe este artigo com seus amigos clicando nos botões abaixo:

 

Share on facebook
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Rafaela

Graduanda em Engenharia Civil Empresarial pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e membro do Diretório Acadêmico do curso. Ela é natural de São Paulo/SP, atualmente cria conteúdos para a 123Projetei e é fã de carteirinha de Friends e The Beatles!

Deixe uma resposta

This Post Has One Comment