• Post published:Junho 11, 2019
  • Post category:Artigos
  • Post author:

Você já deve ter reparado que existem diversos tipos de janelas, com estilos ou funcionalidades diferentes. Assim, na hora de decidir aquela que combina e que também é a melhor para utilizar no seu projeto deve ficar um pouco difícil, não é mesmo? Pensando nisso, nós produzimos esse artigo para destacar os principais estilos, os seus benefícios e também mostrar como elas ficam em projetos nossos, seja aplicada na fachada ou no interior!

1. JANELA DE CORRER OU DESLIZANTE

A janela de correr é ideal para quem deseja ter cômodos mais iluminados, principalmente, quando se investe naquelas com vidros mais altos e largos. Nesses casos, elas também se tornam perfeitas para oferecer uma sensação de maior amplitude ao espaço, pois a vista que é proporcionada acaba por não limitar o ambiente somente a visão do próprio cômodo.

Por exemplo, nessa imagem que está aqui embaixo, é possível notar que a sala de estar do projeto 257 é um pouco estreita, mas, apesar disso, o cômodo é muito iluminado e traz essa sensação de maior profundidade ao ambiente. Imagine se no lugar dessa janela existisse somente uma parede ou uma janela com um tamanho menor, mudaria toda a impressão que você tem desse cômodo, não é mesmo? 

Esse tipo de janela tem diversas funcionalidades, inclusive servem como uma alternativa para separar e ao mesmo tempo integrar diferentes cômodos, como, por exemplo, uma janela de vidro pode ser utilizada para separar a sala de estar da cozinha, mas ao mesmo tempo permite uma visão aberta de ambos os cômodos.

Abaixo é o exemplo do projeto 262, nele a cozinha é integrada com a sala de estar e ainda permite a visão da área gourmet do projeto! Conseguem perceber o potencial que esse espaço oferece para quem gosta de receber visitas? Pois, é totalmente possível haver interação entre ambos os ambientes.

As potencialidades dessa janela são ocasionadas pela facilidade e rapidez com que elas podem ser abertas (ao deslizar na horizontal) e que somado ao tamanho maior delas, se tornam aberturas para haver o trânsito de um cômodo ao outro. É comum ver essas janelas aplicadas em quartos com sacada ou varanda, como o projeto 108 mostra abaixo:

Esse estilo de janela também é ideal para quem planeja colocar grades no projeto!

2. JANELA GUILHOTINA

A janela de guilhotina não é a preferida de todo mundo, pelo fato dela não ser tão prática de utilizar com frequência. Isso porque ela abre na vertical, sendo necessário empurrá-la para cima e ao mesmo tempo posicionar uma peça de metal para apoiá-la, conhecida como borboleta.

Alguns modelos dessa janela possuem as folhas mais pesadas, então na hora de comprar é preciso analisar bem o peso e refletir se será prático para a sua rotina utilizar desse tipo de janela. Principalmente, devem estar atentas as pessoas com mais idade e/ou que não possuem um bom condicionamento físico, pois essa característica pode se tornar um incomodo contínuo.

Mas a janela de guilhotina também apresenta importantes qualidades, pelo fato dela ser aberta na vertical, não existem projeções interna ou externamente. Exceto nos casos em que o modelo possuir também folhas externas, como na imagem acima, referente ao projeto 350. Havendo também modelos com folhas externas pantográfica/sanfonada, que será explicado no próximo tópico.

Além dessas características, a janela de guilhotina também facilita a ventilação superior ou inferior do cômodo, podendo ser da escolha do próprio morador decidir qual das partes gostaria de deixar aberta. Mas essa opção depende também do modelo da janela, pois a parte de cima pode vir fixada.

3. JANELA PANTOGRÁFICA/SANFONADA

Talvez você nunca tenha ouvido falar do nome dessa janela, mas provavelmente já a viu ou até mesmo esbarrou com ela por aí. A janela pantográfica é também conhecida como sanfonada e esses nomes são decorrentes das suas folhas articuladas, que se dobram na horizontal uma sobre a outra. Imitando o movimento da sanfoninha!

Essa janela já deu dor de cabeça em muita gente e literalmente! Pois é comum as pessoas estarem andando distraidamente na calçada e acabarem batendo nas folhas articuladas dela, que são projetadas para o exterior ou interior das residencias. Por causa dessa característica é melhor aplicá-las em ambientes com espaços maiores, por exemplo, se as folhas da janela derem para o seu próprio jardim ou uma área interna espaçosa, não vai ocorrer dos transeuntes ficarem esbarrando com ela ou até você mesmo.

Essa mesma dica vale também para as janelas comum, veneziana e projetante, que serão apresentadas nos próximos tópicos!

4. JANELA FIXA

A janela fixa é aquela que não possui aberturas e, consequentemente, a sua maior função é a da iluminação, como no caso da imagem abaixo, referente ao projeto 154. Nesse exemplo, com a janela aplicada ao lado da escada, ela fornece uma boa iluminação durante o dia e se torna ainda mais útil para evitar possíveis acidentes. 

Apesar dela não oferecer ventilação, nos nossos projetos ela é muito utilizada nas paredes com pé-direito duplo, sendo uma forma de unir ambientes que já são arejados por natureza com essas janelas. Nesses casos, também podemos destacar a amplitude que ela oferece aos ambientes, quando possuem um tamanho maior. 

5. JANELA COMUM OU DE ABRIR

A janela comum ou de abrir, além de ser a mais conhecida, como o próprio nome diz, também é a mais fácil de ser encontrada no mercado e nas ruas. A sua principal características são aberturas projetadas para o exterior da residencia, o que proporciona maior ventilação e iluminação, já que se pode aproveitar de todo o tamanho da janela para a melhor circulação do ar.

6. JANELA BASCULANTE

Com um mecanismo de fácil abertura na horizontal, acionado quando puxada uma alavanca na lateral, a janela basculante é muito simples e também comumente de ser encontrada nas residencias, principalmente na cozinha e no banheiro.

As báculas desse estilo de janela possuem aberturas na parte superior e também na inferior, sendo vantajosas pela circulação de ar que oferecem, pois a fresta da abertura pode ser regulada sem dificuldade, através da alavanca de abertura, assim proporcionando a ventilação desejada pelo morador.

7. JANELA VENEZIANA

A janela veneziana apresenta de 4 a 6 folhas, porém somente as duas internas são feitas de vidro e as exteriores possuem uma estrutura com lâminas. Nesse caso, as folhas exteriores servem como meio de proteção, pois você pode deixar as folhas de vidro abertas e ao mesmo tempo manter a janela fechada com as folhas externas, assim é garantida a circulação de ar com segurança e privacidade. 

Além disso, as folhas externas também são vantajosas para regular a luminosidade, sendo essencial para quando ela é aplicada em quartos. Afinal, dormir até tarde sem o incomodo da luz solar é o ideal, não é mesmo? Por fim, para garantir a completa iluminação, somente é preciso fazer o contrário, deixar as lâminas externas abertas e os vidros a mostra.

8. JANELA PROJETANTE

A janela projetante tem a sua abertura para fora na parte inferior, como o seu próprio nome já indica para a gente, ela é projetada para o exterior. Esse estilo de janela possui diversos tamanhos e por causa disso, possibilita que seja usada e combine com diferentes cômodos, a exemplo de banheiros, áreas de serviço e até mesmo escritórios.

9. JANELA BAY WINDOW

Esse estilo lembra as tradicionais residências inglesas e tem como principal característica a sua estrutura composta por três lados, sendo as janelas dos cantos posicionadas em diagonal e a do meio projetada para a frente, de forma paralela a casa. Por conta dessa característica mais elaborada, ela costuma ser mais aplicada em projetos arquitetônicos do que em residências já construídas, pois seria necessário realizar adaptações para que fosse instalada corretamente. 

Já o principal benefício dessa janela é a luminosidade que ela oferece com a sua estrutura diferenciada, através das três ou mais folhas que ela pode apresentar!

10. JANELA CAMARÃO

A janela camarão apresenta a mesma principal característica da sanfonada: folhas articuladas, que se dobram na horizontal uma sobre a outra. Porém, nesse caso, a dobra das folhas ocorre somente para um lado da janela.

11. JANELA PIVOTANTE

A janela pivotante existe em diversos formatos, tanto quadrada, retangular ou circular, isso porque a sua abertura é realizada através de um único giro de 90°. Logo, ela pode apresentar formas mais diferentes, havendo somente a necessidade de ser fixada no centro da estrutura.

Essa característica principal dela facilita a limpeza do vidro e a regulagem da circulação do ar. Além disso, ela também se torna interessante para quaisquer cômodos, sendo da criatividade e do gosto do morador decidir o tamanho e o formato da janela.

12. JANELA OSCILO-BATENTE

A janela oscilo-batente apresenta dois modelos: a tombar tem a abertura na parte superior e inferior, ela oferece essa impressão que a sua folha irá tombar ao ser aberta, como o próprio nome sugere. Em seu outro modelo, a abertura ocorre na vertical, ambas permitem a boa regulagem da entrada de ar.

13. JANELA MAXIM AIR

Esse estilo de janela é semelhante com a janela basculante e projetante, porém a sua estrutura não é totalmente projetada para fora e ainda apresenta um eixo vertical perpendicular, que auxilia a ventilação e luminosidade. Os benefícios da janela maxim air estão relacionados a praticidade que ela oferece tanto para abertura quanto para regulagem da circulação do ar. Esse modelo de janela pode apresentar uma ou mais folhas, sendo aqueles de uma única folha ideais para espaços reduzidos.

Como vocês puderam aprender, existem diversos modelos de janelas e que também​ apresentam diferentes possibilidades de materiais no mercado, como alumínio, madeira, ferro, PVC e blindex. Na hora de escolher, leve em conta o espaço disponível, a circulação de pessoas tanto dentro da residencia quanto fora e também as possibilidades de economia, pois ao aplicar janelas maiores a luminosidade natural oferecida tende a ser maior também.

Gostou do nosso artigo sobre janelas? Compartilhe com os seus amigos clicando nos botões abaixo! 

Quer entrar em contato com a gente? Você pode mandar uma mensagem pra gente aqui pelo site (só ir na página “contato” no menu) ou então, deixar um comentário que vamos te responder em seguida também. Ainda temos o nosso número 0800 008 0870 (aceitamos ligações por celular) ou o atendimento via WhatsApp (53) 98163-7462.

Share on facebook
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Rafaela

Graduanda em Engenharia Civil Empresarial pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e membro do Diretório Acadêmico do curso. Ela é natural de São Paulo/SP, atualmente cria conteúdos para a 123Projetei e é fã de carteirinha de Friends e The Beatles!

Deixe uma resposta