Analise a orientação solar do seu terreno para ter uma casa confortável e aconchegante!

Durante o processo de projeto da sua casa, existem diversos fatores que precisam ser analisados e levados em consideração para que o resultado seja satisfatório e muito confortável para você e sua família.

Neste artigo vamos te mostrar como utilizar a orientação solar no seu projeto, que é um dos fatores que devemos seguir. Isto porque quando você tem o Sol ao seu favor e a favor do seu terreno, você terá um projeto iluminado e ventilado naturalmente.

Não é à toa que os apartamentos e casas com a fachada voltada ao norte – direção de maior incidência solar durante o ano inteiro – possuem um valor mais caro. E engana-se quem acha que isso faz com que a casa seja quente e desconfortável.

Uma casa iluminada é diferente de uma casa ensolarada. Existem alternativas arquitetônicas que barram a incidência direta do Sol nas paredes, como, por exemplo, brises, varandas, pórticos e marquises.

No entanto, não existe alternativa arquitetônica no mundo que possibilite uma entrada melhor de luz natural em casa, quando ela já foi construída de maneira errada e ignorando a orientação solar.

Neste caso, você vai acabar optando por alternativas artificiais de iluminação e ar.

orientação solar no projeto

COMO POSICIONAR OS CÔMODOS SEGUINDO A ORIENTAÇÃO SOLAR

Posicionar os cômodos da casa em relação ao sol é uma das coisas mais importantes na hora de projetar a sua casa dos sonhos!

Primeiramente, é necessário avaliar o seu terreno de acordo com a posição da rosa dos ventos. A 123Projetei consegue fazer isso de forma online através de um software de georreferenciamento, basta nos fornecer as coordenadas do terreno.

Tendo o conhecimento de como o seu terreno está em relação a rosa dos ventos, podemos fazer as escolhas melhores em relação a fachada da casa, recuos, afastamentos e aberturas.

É possível também apresentar as soluções necessárias para manter o melhor conforto térmico possível.

LESTE

O Sol sempre nasce no leste, o que varia é a inclinação dele durante as diferentes estações do ano. Todos os cômodos que estiverem voltados para a face leste do terreno, terão consequentemente o Sol da manhã.

Este é o “melhor” Sol do dia. Por isso, geralmente é recomendado colocar quartos no leste ou os ambientes sociais como a sala de estar e jantar.

Desta forma, terão um Sol agradável incidindo e evitarão o Sol da tarde que tende a superaquecer os ambientes.

No entanto, tudo vai depender da intenção do cliente. Levamos isso muito em consideração para projetar os ambientes.

NORTE

Durante o ano inteiro, a face norte é a que ocorre maior incidência solar. Pode variar também de acordo com as estações, mas não deixa de ser a face mais ensolarada por pegar todo o sol durante o dia inteiro.

Por isso, as áreas gourmet piscinas costumam ficar voltadas para o norte. Assim, os moradores e seus amigos poderão disfrutar de dias de sol com aquela piscina para se refrescar e pegar um bronze.

Se você pretende ter placas solares na sua casa também recomendamos que elas sejam instaladas na face norte da casa para que haja um maior aproveitamento solar e consequentemente energético.

OESTE

Na face oeste temos o Sol da tarde, aquele mais intenso. Por isso, está face pode ser incluída nos ambientes de pequena e média permanência.

Vale destacar que casa caso é um caso e que o profissional responsável pelo seu projeto precisa analisar a localização e região do Brasil para tomar as melhores decisões em relação a sua casa dos sonhos.

Por exemplo, deixar os quartos na face oeste na região nordeste do país, é pedir para ter quartos ensolarados e bem aquecidos que serão desconfortáveis aos moradores.

Entretanto, é uma boa face para quartos no sul do Brasil, lugar tradicionalmente mais frio que permite e demanda quartos mais aquecidos.

SUL

A face Sul é a mais fria e geralmente não ocorre muita incidência solar. Ou seja, quase não teremos luz do Sol nessa parte da casa.

Por esse motivo, devemos posicionar os ambientes menos utilizados nessa face. Por exemplo, banheiros, lavabos, áreas de serviço, escadas, depósitos e garagens.

ILUMINAÇÃO E VENTILAÇÃO NATURAL

Não basta apenas analisar o percurso do sol para garantir uma casa aquecida e iluminada, é preciso levar em consideração o entorno do local, como a posição das árvores, prédios e outras edificações ao redor que podem contribuir com o sombreamento do terreno.

Além disso, independente dos padrões considerados como melhores ou piores para cada ambiente e do que geralmente é feito nos projetos, a orientação solar deve ser pensada de acordo com cada cliente e suas necessidades.

Já tivemos clientes situados no nordeste brasileiro que preferiram a área gourmet na face leste do terreno, para que o local pegasse somente o sol da manhã.

A observação do cliente foi que a cidade já era quente demais e não precisaria que sua área gourmet recebesse ainda mais Sol.

Além do conforto térmico, um imóvel bem posicionado em relação ao sol pode reduzir a necessidade de lâmpadas, trazendo uma enorme economia na conta de energia.

Portanto, outra forma de aproveitar a energia solar é a utilização de esquadrias amplas para que ocorra uma maior entrada da luz solar, sendo responsável por iluminar, aquecer melhor o ambiente e proporcionar ventilação cruzada.

IMPORTÂNCIA DA VENTILAÇÃO CRUZADA NA ORIENTAÇÃO SOLAR

Chamamos de ventilação cruzada quando traçamos uma rota para as correntes de ar que passam pela casa, entrando por um ponto e saindo pelo outro. Ela também pode ser horizontal ou vertical.

A ventilação cruzada horizontal ocorre quando a corrente entra por um dos cômodos em um lado da casa, e sai pelo outro. Já a vertical ocorre quando a entrada e saída estão em pavimentos diferentes da casa.

Também é levado em conta as frestas e aberturas que devem estar presentes entre os cômodos, para que a corrente seja completa.

Deste modo, esquadrias e portas amplas também facilitam na hora de otimizar a ventilação cruzada e garantem um ambiente mais arejado, diminuindo a necessidade de utilização de ar-condicionado, um grande vilão na conta de energia.

projeto #253 é um exemplo de um dos nossos projetos, onde buscamos valorizar a entrada da luz solar por meio da utilização adequada das janelas e esquadrias, para quem gosta de receber essa energia diariamente.

Clique na imagem para visitar o projeto 253

Concluindo, vamos citar uma frase dita no início do artigo: ter uma casa iluminada é diferente do que ter uma casa ensolarada.

Você pode ter uma casa bem iluminada sem que o Sol incida diretamente nos cômodos.

Aproveitar a orientação solar no seu terreno para projetar a sua casa dos sonhos, faz muito bem para o bolso, pois será possível economizar energia elétrica, seja no menor consumo de luz artificial, seja com menor consumo de aquecedores e ar-condicionado.

De forma geral, um projeto bem elaborado pode tornar a construção mais eficiente e garantir economia com iluminação e climatização.

E agora que você já conhece a importância da orientação solar na arquitetura, que tal realizar um orçamento com a nossa equipe?

Entre em contato conosco através das nossas mídias sociais e garanta o seu projeto dos sonhos!

Monise Melo

Criadora de conteúdo e responsável pelas Mídias Sociais da 123Projetei. Graduanda de Engenharia pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Deixe uma resposta