Seja bem vindo ao segundo artigo da nossa série sobre a importância dos projetos complementares na hora de realizar a sua casa dos sonhos! Já publicamos artigos sobre o Projeto Elétrico e Projeto Estrutural; porém neste em específico irei abordar apenas o projeto hidrossanitário, também conhecido como hidráulico, explicando um pouco sobre o procedimento, as vantagens e os diferenciais obtidos ao se realizar o projeto.

Se você ainda não leu o primeiro artigo da série, clique no botão abaixo e confira o nosso artigo sobre a importância do projeto elétrico para a sua casa, abordando os principais aspectos que tornam o projeto essencial para a uma melhor eficiência do seu investimento ao construir sua casa.

Então vamos ao que interessa, primeiramente é importante deixar claro para que o projeto hidrossanitário é realizado, e qual é a sua principal função.

Simplificadamente, o projeto hidrossanitário tem como objetivo dimensionar e posicionar todo e qualquer elemento que seja responsável pelo transporte de águas na sua casa. Isso inclui desde as tubulações que estarão presentes dentro das paredes, até as caixas d’água, caixas de gordura e demais elementos como cisternas, caixas de passagem e afins.

Porém um projeto hidrossanitário não se resume apenas ao posicionamento dos elementos. A partir dele, é possível evitar problemas como o mau cheiro, vazamentos, infiltrações e diversos outros fatores, simplesmente adotando medidas que somente um profissional especializado pode instruir a partir de uma análise.

A seguir, vou apresentar algumas áreas que são fortemente valorizadas pelo projeto hidrossanitário, mostrando o porquê da importância do projeto na hora de executar a construção da sua casa.

1.Segurança

Assim como no projeto elétrico, é importante destacar a segurança que se oferece ao realizar um projeto. Por meio dele, é possível prever os possíveis problemas que podem surgir com o tempo, e tomar as devidas medidas para prevenir ou mitigá-los.

Ao se realizar o projeto hidrossanitário, passamos a confiança ao cliente de que estamos buscando a melhor solução para a disposição dos elementos na sua casa, e que junto às preferências do cliente, podemos obter o melhor resultado possível para o projeto.

Imagine só o gasto que você não teria ao perfurar uma tubulação importante para a sua casa, realizando uma reforma? Ou a ruptura de outra tubulação por um mau dimensionamento, ocasionando vazamentos, infiltrações e o desencadeamento de uma série de problemas? Para evitar estas situações, o projeto se torna essencial na hora de planejar a sua casa.

2.Conforto

Fazendo o projeto hidrossanitário, você pode unir as áreas molhadas da casa, identificar exatamente o posicionamento de cada tubulação, caixa d’água e demais elementos.

Por mais simples que pareça, um posicionamento adequado pode influenciar a pressão d’água na sua casa – imagine só você não conseguir instalar um chuveiro porque a pressão da água não é a suficiente para que ele funcione? – ou então evitar o mau cheiro proveniente das redes e reservatórios de saída.

Sem contar o dimensionamento de elementos como a própria caixa d’água, que proporciona a garantia de abastecimento de água para a sua casa, conforme a demanda, mesmo que por um determinado período o fornecimento das redes públicas seja rompido.

Afinal, simples medidas adotadas durante a fase de projetos podem ser responsáveis pelo seu bem-estar diário em sua nova casa.

3.Economia

Outra área que se beneficia do projeto hidrossanitário é a financeira. Mesmo tendo um custo inicial um pouco maior, é possível obter um retorno ao investimento com o passar do tempo significativo, a partir de elementos de reaproveitamento de água que podem ser instalados e dimensionados também com o projeto hidrossanitário.

Como exemplo, podemos citar a utilização de cisternas, que têm como o intuito do reaproveitamento da água da chuva; ou então a instalação de um biodigestor, que trata a água escura (usualmente descartada por apresentar coliformes fecais) e possibilita que ela seja usada também para algumas funções como a limpeza de áreas externas, e afins.

Estes são apenas alguns dos vários elementos que podem ser adicionados ao seu projeto, oferecendo vantagens únicas não só para o meio ambiente, mas também para o seu bolso.

Como Funciona o Projeto Hidrossanitário

Como o projeto hidrossanitário é um projeto complementar e muitas das vezes desprezado no planejamento de muitas pessoas, vou apresentar também, resumidamente, algumas características e requisitos para qualquer projeto hidrossanitário.

1.Separação e Tratamento dos Tipos de Águas

Um dos elementos essenciais do projeto hidrossanitário é separar e dar o tratamento adequado para cada tipo de água coletada na casa. Afinal, misturar a água proveniente do vaso sanitário e a proveniente da pia da cozinha não faz o menor sentido, já que elas possuem propriedades diferentes, e devem ser tratadas de maneiras diferentes antes de serem encaminhadas ao sistema público de coleta.

Normalmente, as águas podem ser classificadas em:

  • Água Quente: proveniente de um sistema de aquecimento (normalmente elétrico ou à gás)
  • Água Fria: presente em reservatórios comuns como a caixa d’água e responsável por abastecer a maioria das demandas da casa
  • Água Pluvial: proveniente da chuva, que normalmente é direcionada por calhas, e pode ser coletada em cisternas para reuso em áreas externas
  • Água Escura: proveniente do sistema hidráulico sanitário, e normalmente não é possível reaproveitá-la (sem a instalação de algum mecanismo de reaproveitamento)
  • Água Cinza: proveniente de banho, lavatórios e afins, em condições que podem ser reaproveitadas.

Sabendo classificar e separar corretamente os tipos de águas, é possível se adequar a legislações e normas que devem ser seguidas para aprovação de um projeto.

2.Dimensionamento de Elementos

Uma das partes mais importantes do projeto hidrossanitário é o dimensionamento dos elementos. É nessa etapa em que são decididos os diâmetros das tubulações responsáveis pelo transporte dos fluidos, e quais a condições para que não hajam vazamentos ou ruptura dos membros nas linhas.

Também a partir do dimensionamento, deve-se calcular as capacidades dos reservatórios como caixas d’água, cisternas, caixas de gordura, e afins. Este dimensionamento é o determinante para que a sua casa não fique sem água no caso de um corte no fornecimento; ou no caso de caixas de gordura ou fossas sépticas, a capacidade e período de tempo em que deverá ser realizada a manutenção e limpeza destas, de acordo com a demanda da casa.

3.Posicionamento dos Elementos

E é claro que o posicionamento dos elementos também é um dos principais fatores do projeto hidrossanitário. Com ele, é possível determinar exatamente a localização de cada tubulação, válvula, caixa de gordura, e demais elementos.

Assim, é possível alinhar o projeto hidrossanitário com o projeto elétrico, e obter a melhor disposição possível dos elementos dentro das paredes e das lajes, assim como obter a localização de componentes importantes no caso de uma reforma.

O Projeto Hidrossanitário na 123Projetei

Aqui na 123Projetei, utilizamos softwares de ponta para a realização dos projetos, e com o projeto hidrossanitário não seria diferente. Fazemos questão de oferecer aos clientes um serviço de qualidade, para continuar realizando sonhos em todo o Brasil e mantendo nossa reputação como um serviço de qualidade comprovada.

Lembra do projeto elétrico da nossa cliente Ana Paula que mostrei como exemplo no último artigo? Pois é, ela contratou o projeto hidrossanitário também, e eu trouxe algumas imagens para ilustrar como ficam as pranchas do projeto depois de pronto. 

Além das instalações em corte, o cliente recebe as vistas isométricas das instalações na prancha e o quantitativo de materiais necessário, assim é muito mais simples de coordenar a execução da obra.

Anterior
Next

Um Investimento Para a Vida Toda

O projeto hidrossanitário, como vocês puderam ver, é de grande importância para a etapa de construção da sua casa, porém, além disso, o projeto se torna um documento em que você poderá coletar informações a todo o momento que precisar realizar qualquer alteração na sua casa.

Com o projeto hidrossanitário em mãos, você não cometerá erros como derrubar uma parede essencial para a tubulação da casa, perfurar um local onde passa a rede de esgoto ou até mesmo furar uma parede que tem um tubo internamente. Já pensou o trabalho que seria para corrigir os danos causados por qualquer uma dessas situações?

Com isso, posso te garantir – novamente – que realizar o projeto não é um gasto, mas sim um investimento! O projeto não serve apenas para guiar os encanadores durante a execução da obra, mas sim para trazer conforto e segurança ao proprietário da casa; e convenhamos, conforto e segurança são fatores indispensáveis quando o assunto é a sua casa própria, onde você passará grande parte do seu tempo, e deseja tornar ela em um verdadeiro lar!

Acredito que com estes tópicos, por mais resumidos que sejam, é possível transmitir uma ideia do que é o projeto hidrossanitário, sua importância e o porquê de não abrir mão dele na hora de projetar a sua casa dos sonhos.

Se você ainda ficou com alguma dúvida, deixe o seu comentário, ou entre em contato com a nossa equipe, e ficaremos felizes em te ajudar! Espero você no nosso próximo artigo dessa série, e conte sempre com a 123Projetei para te auxiliar a conquistar sua casa ideal!

Quer saber mais sobre os projetos da 123Projetei? Entre em contato com a nossa equipe e tire suas dúvidas!

Você pode mandar uma mensagem para a gente aqui pelo site (só ir na página “contato” no menu) ou então, deixar um comentário que vamos te responder em seguida também. Ainda temos o nosso número 0800 008 0870 (ligações por telefone ou celular) ou o atendimento via WhatsApp (53) 98163-7462.

Gostou do nosso artigo? Não esqueça de compartilhar ele com os seus amigos clicando nos botões abaixo:

Share on facebook
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

matheus.chinaglia

Matheus Chinaglia é Engenheiro Civil e CEO 123Projetei.

Deixe uma resposta