• Post published:Janeiro 14, 2020
  • Post category:Artigos
  • Post author:

Férias… Com certeza, a data mais aguardada em todo o ano! Quem não curte aquele descanso do trabalho, da escola ou faculdade, pra relaxar e curtir com a família e amigos? 

E ter a sua própria casa de férias, pra ir viajar, já pensou? Principalmente para quem mora em cidades urbanas, construir uma casa de férias, seja na praia ou no campo, está na lista de sonhos de consumo. Mas, muitas pessoas ainda questionam se realmente vale à pena o investimento em uma segunda casa. Realmente, há diversos fatores que devem ser levados em consideração, então antes irei te mostrar algumas vantagens e desvantagens para auxiliar em sua decisão!

Vamos começar então com as vantagens em construir a sua casa de férias.

1) Tudo do seu jeito!

Como qualquer projeto personalizado que você vier a fazer, ter tudo do seu jeito e com o seu gosto sempre será um fator positivo a se levar em consideração. No caso de uma casa de férias, você pode personalizá-la de uma maneira diferente da sua casa na cidade, por exemplo, explorando uma decoração mais ousada. Na casa de campo, você pode investir em um estilo rústico e na casa de praia um estilo mais “caiçara”, utilizando itens como bambu, o que não é comum ter em sua casa na cidade, mas que proporcionam um design único e diferenciado para seu lar.

2) Nada de imprevistos

É muito comum alugar alguma casa para passar as férias, principalmente nos tempos atuais onde podemos contar com aplicativos que facilitam esse processo. Mas, a realidade é que querendo ou não, é um grande risco que se corre quando opta-se por essa alternativa, ou seja, podem vir à tona diversos imprevistos como: o dono da casa pedi-la de volta antes do tempo, haver problemas na infraestrutura da casa (são raras as vezes que se visita a casa antes de alugar, não é mesmo? Geralmente elas são conehcidas apenas por fotos em anúncios), falta de água, falta de energia, objetos do proprietário…

Quando a casa é sua, você evita todo e qualquer tipo de problema inesperado que pode vir a ocorrer, logo você aproveitará mais também, pois se sentirá mais à vontade em sua própria casa, e sem esperar qualquer tipo de problema.

3) É também um investimento

Como você provavelmente não construirá para morar, há a possibilidade de alugar a casa nas demais épocas do ano para famílias e grupos. Ou até mesmo em alta temporada, onde costuma-se cobrar mais caro pelo aluguel, se você não pretender passar as férias inteiras na casa. É uma ótima oportunidade de renda extra, de forma simples, podendo até mesmo recuperar parte do valor que você investiu na construção.

Caso você e sua família mude de planos posteriormente, há a possibilidade de venda também. Uma casa sempre é um investimento, sendo assim ela provavelmente valerá mais ainda depois que passado um tempo, o que te possibilitará maior lucro, considerando que muitas famílias, se não a maioria, procuram por casas já construídas para comprar, ainda mais que não será a sua residência “fixa”.

4) Poupe trabalho

Procurar uma casa ou pousada pra curtir as férias ou até mesmo os feriados, é, no mínimo, cansativo, não é mesmo? Ao ter sua própria casa em um lugar que você goste, te poupará bastante trabalho. Chega de milhares de pesquisas, ligações antecipadas e preocupação com os preços exorbitantes quando se trata de épocas de alta temporada!

5) Qualidade de vida

Com certeza, esse é o fator que mais deve ser levado em consideração. Todos sabem o quanto uma rotina na cidade grande pode ser estressante e até fazer mal para a saúde. Trânsito, poluição, estresse no trabalho, a correria do dia a dia… Quem não deseja se livrar disso de vez em quando?! Imagine ter um “local de escape” para você poder ir quando quiser com sua família, realmente, um sonho de consumo! Principalmente quando se trata de estar mais próximo à natureza. 

Nem tudo é mil maravilhas, né? Vamos então às desvantagens:

1) Preocupação extra

O objetivo de uma casa de férias, certamente, é ser um local onde você poderá relaxar e desfrutar com sua família. Porém, eventualmente, também pode vir a ser uma dor de cabeça. Caso a sua casa fique vazia durante muito tempo, sempre há a preocupação com risco de invasão e depredações. Uma dica é, caso haja oportunidade, opte por construir em condomínios fechados, onde terá vigilância frequente.

2) Gastos

Se ter uma casa só já dá trabalho, imagine duas?! Você deve considerar os impostos, gastos com manutenção, limpeza, conservação… Ao ter uma casa na praia, você deve cuidar ainda em ter móveis específicos, pois, caso contrário, seus móveis podem vir a estragar devido à maresia. No campo, você também precisará de um caseiro para cuidar da grama, piscina, e coisas do tipo, além de precisar controlar insetos e pragas.

Uma ótima solução é o aluguel da casa para demais famílias ao longo do ano, o que te possibilitará renda extra para lidar com esses gastos e ainda deixará a sua casa livre de mofos e relacionados, visto que não ficará muito tempo fechada.

3) Sempre no mesmo lugar?

Com certeza uma das partes mais gratificantes ao se fazer uma viagem, é conhecer novos lugares. Ao construir uma casa em um determinado lugar, você estará “obrigando” a família a passar as férias sempre ali, ficando um pouco limitado. Por isso, você deve escolher à dedo o local que construirá a sua casa, pois você deve gostar bastante dali, visto que visitará bastante.

Nada impede também de planejar viagens à lugares diferentes. Com planejamento e antecedência, é possível sim ter as duas opções!

Bom, eu tenho certeza que as vantagens te convenceram mais que as desvantagens. Então, SIM! Construir uma casa de férias é uma ótima opção! Caso você tome a iniciativa de realizar esse investimento, te daremos algumas dicas essenciais para você não encontrar problemas na hora de realizar esse sonho. 

Pra começar, você deve fazer um planejamento. Parece óbvio, não?! Mas se trata da etapa mais essencial e muitas vezes é deixada de lado. É aqui que você analisará suas condições financeiras, o tempo que precisará gastar… É importante colocar tudo no papel de forma que você consiga seguir posteriormente.

Feito o seu planejamento, é hora de colocar o plano em ação. O primeiro a se fazer é escolher o local da sua futura casa de férias. É nessa hora que você decidirá se deseja uma casa no campo, afastada da cidade e em contato com a natureza, ou uma casa no litoral. Essa é uma decisão muito pessoal, então leve em conta o seu estilo de vida e o de sua família e os seus gostos, preferências e desejos.

Ao escolher uma casa de campo, você estará optando por uma extrema tranquilidade. É ideal pra você que gosta de reunir a família no fim de semana e se afastar do ritmo da cidade grande, estando em contato com a natureza. Você pode investir em uma piscina, uma churrasqueira… Tudo para que seja um local agradável de se estar. Uma sala de jogos, por exemplo, também é uma ótima opção pra divertir a família e os amigos!

Sala-de-Jogos

Para uma casa no campo, você pode usar e abusar de um estilo mais rústico, se esse for de sua preferência. Tijolos à vista, telhado aparente e mais elementos criam um visual perfeito para o campo! Confira alguns projetos que você pode escolher agora mesmo e chamar de seu:

Anterior
Next

O projeto #208 tem o seu destaque pela sua fachada rústica e o seu interior moderno. O que significa que você não precisa manter o estilo rústico na casa inteira! Como dissemos no início, o mais interessante de construir uma casa é poder personalizá-la ao seu gosto.

Por fim, separamos o projeto #429, que mantém o estilo rústico em toda a casa, tornando um ambiente extremamamente aconchegante para você descansar e relaxar com sua família. Olhando essas fotos, vai dizer que não dá vontade de estar dentro desse projeto?! Literalmente, um sonho!

Caso você opte por uma casa na praia, antes de tudo você deve saber que uma casa no litoral exige alguns cuidados a mais, principalmente se o imóvel for passar longas temporadas inabitado. Maresia, umidade e calor em excesso são fatores que podem vir a prejudicar o seu imóvel e exigir manutenção constante, além dos gastos. Para evitar esse tipo de dor de cabeça, você deve escolher  móveis específicos e visitar a casa regularmente, para que assim ela possa ser ventilada. Há também alguns “truques” caseiros que você pode utilizar, como: 

– Passar um pano com vinagre branco para tirar o mofo

– Água sanitária para tirar o bolor da parede

– Detetização constante para evitar os insetos

…e por aí vai. Porém, com um bom projeto, móveis certos e cuidados com a casa, não há chance de dar errado!

E ah! Quer uma dica? Ao fazer o design de interiores com a gente, além de ter uma casa com móveis planejados de forma que caiba tudo que você precisa, você recebe também um detalhamento de todos os materiais utilizados nos móveis e já com as medidas. Como dito antes, sem chances de dar errado, pois com certeza levamos em consideração a localização do seu imóvel.

sacada 3

Mais uma vez, você pode se sentir livre quanto à disposição dos cômodos e móveis da sua casa. Desde um estilo mais moderno, até um visual bem praiano. Aproveite e divirta-se, colocando tudo que deseja mas não possui em sua casa atual! Confira mais alguns projetos que facilmente se encaixam como uma casa de praia:

Anterior
Next

O projeto #430 conta com uma linda varanda e é perfeito para quem busca simplicidade, conforto e calmaria em um só projeto. As beliches no quarto, são uma ótima opção, pois economiza espaço e assim dá pra levar todos os amigos pra passar um fim de semana na praia! Já pensou?!

Já se você busca mais modernidade, o projeto #431 é perfeito! Estreito e compacto, ele se encaixa em qualquer terreno, e por ser sobrado tem espaço de sobra pra galera toda!

E aí, curtiu? Bóra fazer uma casa de férias dos sonhos? Lembre-se que você pode contar conosco para isso. Será um prazer planejar cada detalhe da sua segunda – ou primeira – casa!

Continue nos acompanhando e lembre-se que você pode compartilhar o artigo pelos botões abaixo e espalhar conhecimento. Grande abraço!

Share on facebook
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp

Rafaela

Graduanda em Engenharia Civil Empresarial pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e membro do Diretório Acadêmico do curso. Ela é natural de São Paulo/SP, atualmente cria conteúdos para a 123Projetei e é fã de carteirinha de Friends e The Beatles!

Deixe uma resposta