Vamos conversar sobre planejamento, o início de tudo.

Eu te garanto que com um bom planejamento você vai saber como escolher um terreno ideal, saber o passo a passo para iniciar a sua obra, você vai ter organização e controle das suas atividades, você também vai ter um projeto confortável, bem ventilado e que atende as necessidades da sua família.

Além disso, vai saber quais documentos precisa ter em mãos, como ter aprovação na prefeitura, como contratar mão de obra, como fazer orçamentos dos materiais, e ainda como fiscalizar tudo isso.

Um verdadeiro proprietário, que possui controle da sua própria obra, economiza 20% do valor total que gastaria na construção. Se compararmos com casas que você compra pronta, a economia pode chegar a 40% do valor final.

A MOTIVAÇÃO 

Por que você deseja construir uma casa própria? Se você tem uma motivação. Seja sair do aluguel, seja proporcionar uma casa mais segura e confortável para a sua família, seja construir para poder alugar depois e criar uma renda, é motivo para iniciar o seu planejamento desde agora.

Qual problema você está querendo resolver construindo uma casa? Seu bairro atual é perigoso? Seu filho nasceu e agora falta espaço na casa atual?

Pense no real motivo e escreva.

Temos que ter um motivo para criar motivação. Ninguém constrói uma casa somente porque “bateu a vontade”.

Sabe quando tu decide entrar na academia e na primeira semana você é super disciplinado, acorda cedo, tem uma boa alimentação e vai treinar motivado? É esse tipo de disciplina e comprometimento que você deve ter com o planejamento da sua casa própria.

A maior dificuldade aqui é não se desmotivar quando aparecer as dificuldades, porque elas vão aparecer, sempre aparecem.

“Ah, mas a prefeitura está demorando muito para aprovar o projeto, vai atrasar o início da obra. Meu Deus, o meu pedreiro ficou doente. Nossa, o piso que escolhi para minha casa não está mais disponível para compra. Caramba, acabou o dinheiro e não vou conseguir colocar forro de gesso…”.

Em cada dificuldade que surgir, você deve se lembrar da sua verdadeira motivação e se agarrar nisso.

Se agarre em todos os benefícios que você e sua família terão após a finalização da construção. Certeza que os problemas que aparecerem, ficarão menores e mais insignificantes.

Aqueles que acreditam nos benefícios trazidos com a construção da casa própria, se sentem mais motivados para levar o planejamento até o fim.

Afinal, isso vai te ajudar a reavaliar seus objetivos quando você pensar em adiar a sua construção novamente. Torne real sua vontade de ter uma vida diferente da que leva hoje e de construir um lar para sua família.

Pense em como se sentirá depois, morando na sua casa própria construída. Todo o esforço terá valido a pena! Sinta orgulho de si: é merecido, você se planejou!

Veja então algumas dicas que separamos para você não deixar essa motivação desandar:

DICAS PARA NÃO PARAR A OBRA NO MEIO DO CAMINHO

  1. Defina seu objetivo

Se pararmos para pensar, há 100 problemas que podem surgir em uma obra e 1000 benefícios que ela vai te proporcionar depois de finalizada. No entanto, sempre há aquele motivo mais forte. Aquela coisa que tu acorda todos os dias e pensa “isso ainda vai mudar”. O que é? Trace resolver isso como o seu principal objetivo e desta forma, todas as manhãs você vai se motivar a não postergar a sua construção.

  1. Tenha metas

Estabelecer metas é o segredo para ter motivação diariamente. Afinal, não há sensação melhor do que você cumprir as suas metas e ver os resultados surgirem.

Para tanto, comece definindo metas simples e fáceis de serem cumpridas. E depois avance para as atividades que levarão mais tempo e um certo nível de conhecimento sobre a construção civil.

É importante, também, acompanhar o progresso das suas atividades. Pesquisas mostram que é mais provável que você continue fiel a um objetivo quando consegue quantificar os resultados. Pois assim, você estará vendo que o esforço não está sendo em vão e que seu tempo não está sendo desperdiçado. Você pode fazer isso em um caderno, como se fosse um diário da obra. Pode fazer isso através do SCRUM ou da forma que preferir.

  1. Não deixe o valor da obra te desmotivar

Construir não é barato, todos nós sabemos disso. Mas construir com inteligência e seguindo o seu planejamento, você irá gastar um preço justo e não haverá arrependimentos no futuro. 

Precisamos entender que esse é o maior investimento da sua vida. Hoje, ter um terreno ou uma casa, é a coisa que mais valoriza com o passar dos anos então não deixe o valor da obra te desmotivar.

Se é o caso de você realmente não ter parte do valor, há soluções como o financiamento. Mas esse é um assunto que vamos tratar mais pra frente.

  1. Converse com pessoas que te motivem

Não há nada melhor do que estar perto e conversar com pessoas que te motivam a atingir o seu objetivo e que te ajudam nisso. Este é um apoio que faz toda diferença na sua motivação diária.

Eu espero que a 123Projetei se torne um apoio para você. Mas além disso, além dessa motivação mais técnica, a sua família e amigos serão fundamentais.

DEFINA O QUE SERÁ CONSTRUÍDO

Estipulado uma motivação e um objetivo, partimos para o que deverá ser construído. Ter isso traçado, é mais fácil de chegar até o fim.

Então, o que você sabe da sua casa até agora?

O seu projetista arquitetônico será extremamente necessário para te ajudar a encontrar as melhores soluções para a planta e te ajudar no tamanho dos ambientes, disposição dos cômodos, entre outros itens.

No entanto, há alguns itens que só você pode responder e são as perguntas que estão inseridas no nosso briefing. Esse é o ponto de partida para a realização do seu projeto.


    1. Quantas pessoas irão morar na residência? Como cada uma delas imagina o “seu cantinho”?
    2. Qual ambiente da sua casa costuma reunir a família? Algum espaço especial para utilizarem juntos?
    3. Você vai construir uma casa térrea ou um sobrado?
    4. Você deseja fazer um muro frontal no seu projeto?
    5. Quanto você pretende gastar na construção da sua casa? Qual o orçamento para essa execução?
    6. Seu terreno é plano ou possui desnível?
    7. Existe vegetação ou algum elemento marcante no terreno que possa interferir ou ser utilizado no projeto?
    8. Quantos dormitórios? Alguma suíte? Closet?
    9. A sala de estar será ampla para receber muitas visitas ou compacta para descanso e assistir televisão?
    10. Quantas vagas serão necessárias para a garagem?
    11. Seu projeto terá área gourmet? Fechada ou aberta? Com piscina?
    12. A área gourmet ficará nos fundos ou na frente da casa?
    13. Já sabe se o seu telhado será embutido ou aparente?
    14. Você deseja uma casa que isole o calor do lado de fora, ou que conserve o calor dentro para aquecer?
    15. Preferência por algum tipo de revestimento? Qual?
    16. Você pretende utilizar placas solares?

Costumamos dizer aqui que um projeto arquitetônico é uma espécie de contrato para o proprietário que está no meio de uma obra. Afinal, quando temos esse documento em mãos, queremos ver todos os detalhes executados.

Espero que esse artigo tenha te ajudado!

Entre em contato com a 123Projetei para sermos o seu grande facilitador nessa etapa tão importante! Afinal, você não pode errar.

WhatsApp

Envie para (53) 98163-7462

Telefone

Por telefone ou celular: 0800 008 0870

Chat

Fale com a nossa equipe

Monise Melo

Criadora de conteúdo e responsável pelas Mídias Sociais da 123Projetei. Graduanda de Engenharia pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG).

Deixe uma resposta