Além do projeto arquitetônico, existem alguns projetos complementares que podem abordar disciplinas diferentes e completar o projeto da sua casa. O projeto elétrico é deles e vou mostrar algumas de suas vantagens a seguir.

Apesar de não ser uma prática adequada, aqui no Brasil ainda há uma grande desvalorização dos projetos complementares na construção civil. Muitas pessoas ainda acreditam que realizar o projeto arquitetônico para a sua casa já é o suficiente para construí-la, e os demais projetos podem ser substituídos pela contratação de um profissional com experiência para “improvisar” soluções nas instalações.

Mas a realidade é um pouco diferente. Projetos complementares existem por um motivo: a segurança oferecida por eles, combinada com a eficiência que pode ser conquistada a partir de um bom dimensionamento proporcionam ao cliente a certeza de que realizar esse projeto e segui-lo na execução da sua obra será um investimento, e não um gasto.

Este artigo é o primeiro de uma série que preparamos, onde iremos explicar detalhadamente a importância dos projetos complementares para a execução da sua obra. Neste em específico, vou abordar apenas o projeto elétrico e te mostrar por que ele não deve ser desprezado na hora de projetar a sua casa.

Vantagens do Projeto Elétrico

1. Segurança

Bom, como diz o ditado “A segurança vem sempre em primeiro lugar”, não é mesmo? Então é importante enfatizar que o principal benefício em se realizar o projeto elétrico para a sua casa, é a segurança garantida de que não ocorrerá nenhum acidente proveniente da rede elétrica na sua casa.

Projetos elétricos, que devem ser realizados seguindo as normas técnicas da ABNT, têm a obrigação de garantir que o dimensionamento dos fios, disposição destes e equipamentos de segurança, devam desligar instantaneamente a ligação entre a rede fornecedora de energia e a sua casa.

Apesar de ser uma situação normalmente desconfortável – afinal, quem gosta de quando “cai a luz” em casa? – desligar o fornecimento de energia entre a sua casa e a rede impede que aparelhos eletroeletrônicos da sua casa queimem, e os fios condutores de energia instalados superaqueçam. Isso é de extrema importância, visto que grande parte dos incêndios residenciais são causados por sobrecargas na rede elétrica. Além disso, com o projeto elétrico, os dimensionamentos de condutores são feitos analisando as demandas de cada cliente, então você também tem uma diminuição significativa das chances de ocorrer uma sobrecarga de energia, evitando que os disjuntores desarmem e você fique sem energia elétrica.

2.Conforto

Como eu comentei, cada caso é diferente, logo, cada projeto deve ser dimensionado de uma forma diferente também. Ao se realizar um projeto elétrico, é importante saber para quem esse projeto está sendo desenvolvido. Afinal, projetar os circuitos elétricos de uma casa para uma família de 7 pessoas não é a mesma coisa que projetar os circuitos para uma casa em que mora apenas um casal.

Com o projeto elétrico, é possível prever as necessidades que a casa poderá ter, e dimensionar os circuitos para atender essa demanda. Na prática, você terá mais conforto e não terá a necessidade de usar os famosos “T’s” ou “Benjamin’s” e extensões para conseguir ligar algum aparelho nas suas tomadas.

Apesar de serem uma solução rápida e prática para se conectar com a rede elétrica, extensões e “T’s” são equipamentos que podem sobrecarregar os circuitos. No projeto elétrico, os circuitos devem estar equilibrados, e para isso também são estabelecidos circuitos dedicados, para equipamentos de maior potência. Por exemplo, pode não ser um grande problema ligar 3 carregadores de celular em uma mesma tomada, dependendo da ocupação deste circuito; porém ligar sua máquina de lavar roupa, micro-ondas e geladeira numa mesma tomada (ou circuito) com certeza aumenta significativamente o risco de uma sobrecarga, caso eles não estejam dimensionados para atender à essa demanda.

Portanto, com o projeto, haverá tomadas e circuitos dedicados para cada aparelho que tenha um consumo maior, evitando o risco de sobrecargas na sua casa.

3.Custo

É claro que realizar o projeto elétrico da sua casa vai depender muito do tamanho, da demanda, das normas do seu estado, e diversos fatores que podem variar o preço do projeto. Porém, uma coisa todos eles têm em comum. Os projetos elétricos são um investimento, visto que com um bom dimensionamento, é possível evitar gastos ao longo do tempo.

Vou te dar um exemplo: muitas casas possuem apenas um circuito, sendo ele de 127 ou 220 Volts, o que faz com que os moradores utilizem transformadores dentro de casa para adaptar a tensão da linha aos seus equipamentos. Porém, ao utilizar os autotransformadores que são encontrados facilmente no mercado, surgem dois problemas importantes e que não devem ser deixados de lado.

O primeiro é que o transformador sempre terá perdas. Como a vida real nunca é igual às condições ideais, em que há 100% de conservação de energia, ao utilizar um autotransformador, parte da energia consumida (que é contabilizada no seu relógio de medição) é dissipada na forma de calor por este equipamento, resultando num gasto excessivo de energia ao longo do tempo.

O segundo problema é que estes autotransformadores normalmente têm uma restrição. Muitos deles oferecem uma transformação de tensão de 1:2 (de 110V para 220V), ou vice-versa. Entretanto, é comum que as tensões de linha oferecidas pela concessionária variem na faixa dos 127V, e seguindo a lógica do transformador, essa tensão seria multiplicada por 2, resultando numa média de 254V. Utilizar equipamentos dimensionados para 220V com essa tensão pode causar defeitos ou até mesmo queimá-lo, acarretando mais gastos ainda.

Com o projeto elétrico, é possível analisar a possibilidade de instalação de circuitos 127V ou 220V, dependendo da sua concessionária, e adaptar as tomadas para que não haja a necessidade de utilizar transformadores dentro da sua casa; evitando assim, tais problemas do exemplo acima.

Projeto Elétrico na 123Projetei

Os projetos elétricos realizados aqui na 123Projetei seguem todas as normas da ABNT e dos Regulamentos de Instalações Elétricas respectivos de cada estado. Portanto, contratando uma empresa especializada em projetos, você tem a certeza de adquirir um serviço padronizado e aprovado pelas normas regulamentadoras no Brasil.

Além disso, eles são realizados através de softwares com tecnologias avançadas, de modo a identificar e prevenir possíveis erros que podem estar presentes em um projeto.

projeto eletrico 1
Projeto elétrico da nossa cliente Ana Paula sendo elaborado

Conheça mais também sobre o Projeto Hidrossanitário e o Projeto Estrutural, que são projetos complementares e assim como o Elétrico, podem contribuir com diversas vantagens na hora de você executar a sua obra.

Quer saber mais sobre os projetos da 123Projetei? Entre em contato com a nossa equipe e tire suas dúvidas!

Você pode mandar uma mensagem para a gente aqui pelo site (só ir na página “contato” no menu) ou então, deixar um comentário que vamos te responder em seguida também. Ainda temos o nosso número 0800 008 0870 (ligações por telefone ou celular) ou o atendimento via WhatsApp (53) 98163-7462.

Gostou do nosso artigo? Não esqueça de compartilhar ele com os seus amigos clicando nos botões abaixo:

Share on facebook
Share on pinterest
Share on whatsapp

matheus.chinaglia

Matheus Chinaglia é Engenheiro Civil e CEO 123Projetei.

Deixe uma resposta

This Post Has 2 Comments